IGUAÍ: REGIÃO DO RIO PRETO RECEBE O PROJETO FOSSA SÉPTICA

No dia 31 de março de 2021, foi realizada pela equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente do município de Iguaí Bahia, a montagem de uma fossa séptica, com o intuito de evitar, principalmente, a poluição do Rio Preto, importante recurso hídrico do município.

Na localidade havia a presença da produção de suínos. A suinocultura, é considerada pelos órgãos de fiscalização e proteção ambiental, uma atividade de grande potencial poluidor, em vista do elevado número de contaminantes contidos em seus efluentes, que representa uma fonte de contaminação e degradação do ar, do solo e dos recursos hídricos. Em função da alta concentração dos rebanhos, os dejetos podem exceder a capacidade de absorção dos ecossistemas locais. O lançamento indiscriminado de dejetos não tratados em rios, lagos e no solo podem provocar doenças (verminoses, alergias, hepatite), trazer desconforto à população local (proliferação de insetos e mau cheiro) e, ainda, provocar impactos no meio ambiente, tais como, morte de peixes e animais, toxicidade em plantas e eutrofização dos cursos de água.

Como solução ao problema dos dejetos de suínos gerados, propôs-se a montagem de uma fossa séptica, para que os efluentes sejam decompostos através da ação de bactérias anaeróbias (que atuam na ausência de oxigênio), gerando, ao final do processo, um efluente tratado, e não poluente.

Foto: Franciele Torres

É de grande relevância que todos os produtores de suínos do município, tenham consciência da poluição ocasionada pelo efluente gerado, e procurem buscar soluções para resolução de tal problema.

Foto: Franciele Torres

A Equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, situada à Rua Zacarias Matos, s/n – Centro, Sede da APA em Iguaí, coloca-se à disposição para sanar qualquer dúvida e para fornecer apoio técnico para a montagem de fossas sépticas.

Da Redação/Fonte de Beber Água